cabrito_transmontanos_dop

Tão tenro que se desfaz na boca

Cabrito Transmontano DOP

A carne de Cabrito Transmontano DOP distingue-se pela sua qualidade organolética, designadamente a tenrura, a suculência e o paladar. Chamam-se propriedades organoléticas às características que podem ser percebidas pelos sentidos humanos, como a cor, o brilho, o sabor, o odor e a textura. O termo aplica-se também à avaliação do estado de conservação de um alimento, que pode ser sujeito a um “exame organolético” para assegurar que está em perfeitas condições de consumo. Para poder ter no nome o termo “DOP”, a carne tem de ser produzida de acordo com certas regras, designadamente a identificação dos animais, o saneamento e a assistência veterinária, o sistema de produção, a alimentação, as substâncias que estão interditas na sua criação e as condições a observar no seu abate e conservação. Do ponto de vista gastronómico, são bem conhecidas as receitas nas quais esta carne de qualidade superior pode ser utilizada, como o cabrito assado, a chanfana de cabrito, o cabrito com arroz de forno e muitos outros pratos deliciosos. Uma forma muito tradicional de preparar o cabrito é o Cabrito à Moda da Serra, em que, depois de temperada, a carne é envolvida em folhas de couve ou de abóbora, atadas com um fio para que, totalmente coberta, seja assada num buraco onde foi colocada lenha que se deixou arder. O buraco é previamente limpo de toda a cinza e introduz-se o cabrito, tapando-o com lajes de pedra. É também famoso, e delicioso, o Queijo de Cabra Transmontano DOP.

adderall online no prescription

Natural do nordeste, quando é abatido para ser comercializado, o Cabrito Transmontano DOP tem entre 30 e 90 dias de vida e um peso que oscila entre 4 e 6 Kg. Este cabrito é criado exclusivamente nos concelhos de Macedo de Cavaleiros, Mirandela, Vila Flor, Alfândega da Fé, Mogadouro, Carrazeda de Ansiães, Torre de Moncorvo, Freixo de Espada à Cinta, Valpaços e Murça. A raça Serrana definiu-se nos finais do século XIX e início do século XX e a sua origem não está concretamente determinada, mas os estudiosos inclinam-se para que tenha origem em cabras selvagens que se foram fixando na Península Ibérica. Este animal está espalhado por todo o Norte de Portugal, estando, no entanto, dividido em quatro tipos, cada um deles adaptado ao ambiente onde habita. Um deles é o transmontano, que é um excelente aproveitador das características da região do nordeste português.

buy tramadol onlinebuy valium online without prescription buy valium online without prescription buy valium online no prescription buy xanax online no prescription buy tramadol no prescription buy xanax no prescription buy xanax online no prescription buy valium online without prescription buy tramadol online no prescription ultram online pharmacy